Pro dia, pra noite, em qualquer momento: Activewear

O termo, que vem do inglês, diz respeito ao estilo de roupas de matemática básica (conforto + performance + estilo) que precisam fazer parte do nosso guarda-roupas atualmente. Afinal vivemos em tempos onde estar preparado para qualquer ocasião que possa surgir a partir do momento que saímos de casa, nos destaca dos demais.

Engana-se quem pensa que este estilo ganhou espaço há pouco tempo. Seu precursor, o sportwear (outro termo em inglês, para roupas de prática esportiva), surgiu nas tendências de moda nas primeiras décadas do século XX nos Estados Unidos, e não demorou muito para que a Europa – de onde as tendências saiam – pela primeira vez importasse e incorporasse em suas coleções algo que vinha de fora. Seu crescimento se deve, principalmente, a marca Chanel. Porque, se pararmos para pensar, de lá para cá, homens e mulheres deixaram para trás trajes complicados de vestir, de manutenção minuciosa e delicada (sem falar no valor que custavam), para roupas que todos podemos ter e manter.

Hoje, as peças de Activewear conferem dia-a-dia novas tecnologias, seja na produção têxtil com tecidos mais leves, impermeáveis e duráveis, nos acabamentos mais resistentes e na aerodinâmica. Isso mesmo, a modelagem do que vestimos e calcamos está aliada ao último fator para melhorar nosso desempenho sem que percebamos.

Dito isso, vamos aos exemplos, que você pode encontrar aqui e combinar com peças que já está acostumado, para usar desde o treino na academia e corrida no parque, até sair com os amigos a noite:

Corta-vento:

Essa blusa é ideal para a prática de atividades físicas em ambientes externos, principalmente no início e no final do dia quando a temperatura está mais amena. Além disso ela pode ser útil quando a previsão do tempo varia muito, pois é fabricada geralmente de nylon e/ou tactel, o que confere certa impermeabilidade e, como o próprio nome diz, não permite a passagem do vento.

Camiseta básica:

      

Conhecidíssima de todos, o diferencial dela hoje está em possuir variados tipos de tecidos que conferem cada um função específica. Como por exemplo: permitir que a transpiração ocorra de maneira correta. Aliada a isso, camisetas com pouca variação de cores e com logomarca em destaque, trazem pro consumidor, facilidade na hora de combinar com outras peças.

Legging:

Este talvez seja o item mais inusitado, porque além de poder ser usado com sobreposição variada – bermudas e shorts são alguns exemplos –, homens finalmente, tem este produto pensado e fabricado para eles também. Sem contar o fator design que engloba aos mais variados gêneros e gostos.

Shorts e Bermuda:

Esta peça, assim como quando pensamos em calças, existe em vários tipos de tecidos, até para dias mais frios. Como mencionado anteriormente podem ser utilizados sobrepostos as leggings.

Tênis:

O estilo casual é o mais comum quando pensamos em atividades diárias mas, não podemos deixar de lado a categoria running, que permite conforto máximo por sua tecnologia avançada quando falamos de impacto, aderência e impulso. Ambos têm design arrojado e contemporâneo.

Boné:

Já conhecido por sua função, o boné recebeu há pouco tempo cores e texturas mais próximas das paletas utilizadas nas coleções atuais. O que permite que ele faça parte de uma composição sem necessariamente destacar-se.

Uma dica para você que acompanhou até aqui, é que o activewear permite criar camadas de roupas que podem ser removidas ao longo do dia, sem criar grande volume para serem carregadas ou até mesmo presas ao corpo.

 

 

Compartilhar: