A PROBABILIDADE A NOSSO FAVOR

Com o início dos jogos da Copa do Mundo 2018, o grupo renomado de estatística e probabilidade voltado aos esportes Opta, divulgou a porcentagem de cada seleção para levar a taça para casa. E advinha, o Brasil está em primeiro lugar!

Depois do spoiler dado, é preciso de cautela pois as bases do que foi compartilhado é resultado de dados históricos, individuais e coletivos, dos jogadores convocados para fazerem parte de cada seleção em jogos oficiais. Além disso, o entrosamento entre eles e afinidade em campo conta quanto o assunto é metas de gol. O que, por exemplo, não permite que o cálculo se mantenha o mesmo caso haja um imprevisto com algum jogador e ele seja cortado da partida, isso compromete o rendimento geral.

Vamos ao TOP5:

5º Lugar – Espanha (9.3%)

Apesar de ter vencido o torneio em 2010 a Espanha, na última Copa, perdeu de forma vergonhosa quando ainda disputava a fase de grupos, o que a deixou fora da competição em 2014. Desta vez, vemos uma equipe que gosta de trabalhar a bola em campo, com alto nível de inteligência e que articula bem as jogadas. Carvajal, Sergio Ramos, Busquets e David Silva são um diferencial se formos pensar que o craque Iniesta não possui o mesmo desempenho físico de antes apesar da experiencia e talento.

4º Lugar – França (10.5%)

Campeã de 1998, a seleção francesa vem de uma boa fase quanto aos pontos conquistados desde a última Copa do Mundo, sendo que em 2016 ficou em segundo lugar na EuroCopa. Nos jogos eliminatórios, comandados pelo atual técnico Didier, passou sem nenhum grande risco com 7 vitórias em 10 partidas. A escalação atual tem um poder ofensivo muito grande e conta também com boa força física. O atacante Griezmann que já era destaque quando convocado, mostrou para quê veio na partida contra a Austrália que aconteceu no dia 16 desde mês.

3º Lugar – Argentina (10.9%)

Quase ficando de fora na fase de grupos, quando somente no último jogo conseguiu conquistar a vaga para a Copa do Mundo 2018, a bicampeã Argentina gera controvérsia para alguns especialistas em estar como uma das favoritas desse ano. Messi é a estrela indiscutível dentro do time, mas para uma seleção que desde 1993 não ganha a Copa América e teve um empate com a Islândia na partida de estreia dá para entender alguns motivos para que não esteja nesse top 5.

2º Lugar – Alemanha (11.4%)

Com aproveitamento de 100% nos jogos eliminatórios (30pontos) para estar na Copa do Mundo 2018, a cabeça de chave do Grupo F, tetracampeã e atual detentora do título desde torneio, é muito forte. Pois o técnico Joachim Low soube escolher bem cada jogador contando com alguns destaques como o meia que também ataca Toni Kroos. A equipe no geral sabe muito bem trabalhar com velocidade, o que a diferencia das seleções mencionadas anteriormente.

1º Lugar – Brasil (14.2%)

A única seleção 5 estrelas realizou nos jogos de eliminatória, para a Copa do Mundo 2018, 32 pontos, ficando a frente da Alemanha, mesmo não tendo vencido todos os jogos por causa de dois empates durante aquela fase. O técnico Tite deu sua cara a seleção, pondo a prova que quando Neymar esteve se recuperando da cirurgia que realizou, os outros jogadores não dependiam dele. Apesar do comentário anterior parecer excludente, a seleção brasileira se reergueu e deixou de ser um aglomerado de bons jogadores para se tornar uma equipe. Prova disso foi a partida contra a Suíça com gol de Coutinho.

Já imaginou uma final de Copa do Mundo entre nós e a Alemanha para retirarmos o gosto amargo do 7×1 ou contra a Argentina, nossa eterna rival? Não dá pra torcer sem estar vestido de acordo, aqui você encontra a camiseta oficial da nossa seleção para torcermos juntos!

 

HEXA: HAJA CORAÇÃO

Durante esta temporada você pode acompanhar em nossas redes sociais curiosidades sobre a copa do mundo e a seleção que “todo mundo tenta, mas só o Brasil é penta” rumo ao tão esperado hexacampeonato. Além disso, você pode baixar aqui nossa tabela para os jogos que estarão acontecendo.

Hoje, às 11:30h (horário de Brasília) houve a abertura da Copa do Mundo 2018, na Rússia. A cerimônia (comparada com os anos anteriores) foi mais resumida, apenas 30 minutos precedentes ao jogo inaugural que teve uma goleada de 5×0 do país-sede contra a seleção da Arábia Saudita.

Goleada em Copa do Mundo ainda nos traz um gosto amargo na boca, mas muito maior do que aquele dia, são as cinco estrelas que carregamos no peito. Que tal relembrarmos um pouco de cada uma delas?

Copa do Mundo FIFA 1958 – Suécia

Nem tão acreditado assim, a seleção brasileira fez a façanha de chegar a final do campeonato e, nada menos, contra a seleção do país-sede. O time de Pelé e Garrincha não se abateu com o primeiro gol da partida vindo da Suécia e apesar de uma partida muito difícil, o estádio inteiro aplaudiu o Brasil, pela primeira vez campeão, num placar de 5×2.

 

Copa do Mundo FIFA 1962 – Chile

O Brasil e a Tchecoslováquia já haviam se enfrentado naquele mundial com o final do jogo em 0x0, o que quando decidido nas semifinais as seleções que se enfrentariam para conquistar a taça, já se sabia que seria uma partida árdua. Com quase 70 mil espectadores Amarildo, Zito e Vavá garantiram um gol cada (contra um único gol da seleção adversária) e trouxeram para o Brasil a segunda estrela da seleção.

Copa do Mundo FIFA 1970 – México

Duas Bicampeãs se enfrentando em um jogo que decidiria qual delas teria uma terceira estrela estampada no peito. Aos 18min, Pelé mostrou porque viria a ganhar a Bola de Ouro daquele ano e garantiu o primeiro gol do Brasil na partida. Gérson, Jairzinho e Carlos Alberto também não estavam para brincadeira e resultaram numa partida de 4×1 da Itália.

 

 

 

Copa do Mundo FIFA 1994 – Estado Unidos

Mais uma vez Brasil e Itália se enfrentaria para decidir um desempate de estrelas. As duas seleções tricampeãs, fizeram história naquele jogo pois além de uma delas acabar se tornando a única tetracampeã, foi a primeira final do torneio mundial que se concluiria em cobrança de tiros livres na marca do pênalti. Depois de um hiato de 24 anos, a seleção brasileira volta a ganhar o titulo de melhor do mundo em um placar de 0(3)x0(2).

 

Copa do Mundo FIFA 2002 – Coréia do Sul e Japão

Brasil contra quem? Isso mesmo, Alemanha. Mas dessa vez, apesar de uma partida não muito fácil, Ronaldo Fenômeno – o ganhador da categoria Chuteira de Ouro da FIFA – somou mais dois pontos daquela partida para se tornar o artilheiro do mundial naquele ano. Assim, com o jogo em 2×0 o Brasil se torna pentacampeão.

 

Cinco estrelas não é para qualquer um! A seleção brasileira vem de uma boa fase onde foi a primeira a se classificar para o mundial desde ano, mantendo o titulo (junto com aquela que não se deve pronunciar o nome) de nunca ter falhado nos jogos eliminatórios. Além disso, dos oito países que já conquistaram ao menos 1 vez a Copa do Mundo, apenas Brasil e Inglaterra nunca tiveram que participar da repescagem.

Baixe aqui sua Tabelinha da Copa 2018

Pro dia, pra noite, em qualquer momento: Activewear

O termo, que vem do inglês, diz respeito ao estilo de roupas de matemática básica (conforto + performance + estilo) que precisam fazer parte do nosso guarda-roupas atualmente. Afinal vivemos em tempos onde estar preparado para qualquer ocasião que possa surgir a partir do momento que saímos de casa, nos destaca dos demais.

Engana-se quem pensa que este estilo ganhou espaço há pouco tempo. Seu precursor, o sportwear (outro termo em inglês, para roupas de prática esportiva), surgiu nas tendências de moda nas primeiras décadas do século XX nos Estados Unidos, e não demorou muito para que a Europa – de onde as tendências saiam – pela primeira vez importasse e incorporasse em suas coleções algo que vinha de fora. Seu crescimento se deve, principalmente, a marca Chanel. Porque, se pararmos para pensar, de lá para cá, homens e mulheres deixaram para trás trajes complicados de vestir, de manutenção minuciosa e delicada (sem falar no valor que custavam), para roupas que todos podemos ter e manter.

Hoje, as peças de Activewear conferem dia-a-dia novas tecnologias, seja na produção têxtil com tecidos mais leves, impermeáveis e duráveis, nos acabamentos mais resistentes e na aerodinâmica. Isso mesmo, a modelagem do que vestimos e calcamos está aliada ao último fator para melhorar nosso desempenho sem que percebamos.

Dito isso, vamos aos exemplos, que você pode encontrar aqui e combinar com peças que já está acostumado, para usar desde o treino na academia e corrida no parque, até sair com os amigos a noite:

Corta-vento:

Essa blusa é ideal para a prática de atividades físicas em ambientes externos, principalmente no início e no final do dia quando a temperatura está mais amena. Além disso ela pode ser útil quando a previsão do tempo varia muito, pois é fabricada geralmente de nylon e/ou tactel, o que confere certa impermeabilidade e, como o próprio nome diz, não permite a passagem do vento.

Camiseta básica:

      

Conhecidíssima de todos, o diferencial dela hoje está em possuir variados tipos de tecidos que conferem cada um função específica. Como por exemplo: permitir que a transpiração ocorra de maneira correta. Aliada a isso, camisetas com pouca variação de cores e com logomarca em destaque, trazem pro consumidor, facilidade na hora de combinar com outras peças.

Legging:

Este talvez seja o item mais inusitado, porque além de poder ser usado com sobreposição variada – bermudas e shorts são alguns exemplos –, homens finalmente, tem este produto pensado e fabricado para eles também. Sem contar o fator design que engloba aos mais variados gêneros e gostos.

Shorts e Bermuda:

Esta peça, assim como quando pensamos em calças, existe em vários tipos de tecidos, até para dias mais frios. Como mencionado anteriormente podem ser utilizados sobrepostos as leggings.

Tênis:

O estilo casual é o mais comum quando pensamos em atividades diárias mas, não podemos deixar de lado a categoria running, que permite conforto máximo por sua tecnologia avançada quando falamos de impacto, aderência e impulso. Ambos têm design arrojado e contemporâneo.

Boné:

Já conhecido por sua função, o boné recebeu há pouco tempo cores e texturas mais próximas das paletas utilizadas nas coleções atuais. O que permite que ele faça parte de uma composição sem necessariamente destacar-se.

Uma dica para você que acompanhou até aqui, é que o activewear permite criar camadas de roupas que podem ser removidas ao longo do dia, sem criar grande volume para serem carregadas ou até mesmo presas ao corpo.

 

 

Como escolher a mochila escolar para o seu filho

Janeiro está no fim e agora é a melhor época para começar a comprar os materiais escolares do seu filho. Mas para efetuar uma boa compra, é importante pesquisar tudo, desde as marcas, durabilidade do produto, até o preço. Para isso, a pesquisa pode ser feita toda pela internet, de loja por loja, ou então pessoalmente.

Um dos produtos fundamental na compra escolar é a mochila que seu filho usará para carregar o material. E um dos erros que os pais cometem com mais frequência, é comprar uma mochila observando apenas a beleza dela, sem pesquisar outros fatores, como a durabilidade e, principalmente, a segurança que a mochila oferece.

Não é raro encontrar crianças que desde pequenas tem dores nas costas e andam com a postura torta. Um dos principais motivos para isso é que o aluno geralmente carrega materiais pesados e, ao utilizar uma mochila não segura, o peso carregado não é distribuído igualmente nos ombros, o que sobrecarrega e causa dores em quem está com a mochila. O ideal é que o peso dentro da mochila não ultrapasse 10% do peso da pessoa.

Para saber se a mochila que seu filho usa não é boa para ele, observe se a criança/adolescente sente dor ao colocar ou tirar a mochila; desconforto ao carregar o peso; se a postura fica correta quando ele carrega a mochila, e se ele reclama de dor ou formigamento nos braços e costas. Se algum desses sintomas ocorrerem com seu filho, o ideal é trocar a mochila para uma melhor e mais segura, caso contrário, ele poderá desenvolver problemas graves como lesão na coluna, má postura, desgaste nas articulações e problemas de circulação.

Para que você não erre na hora de escolher a mochila para o seu filho, nós separamos algumas dicas para você! Confira:

Tamanho

A mochila não pode ser maior que o seu filho. Quanto mais espaço ela tiver, mais coisas seu filho irá carregar dentro dela. Sempre verifique se ele está carregando o essencial e não a mais do que o necessário. É possível encontrar mochilas lindas e seguras. Por isso, pesquisa muito antes de comprar os produtos.

Estrutura

Opte pelas mochilas que têm alças largas, pois elas ajudam a distribuir o peso pelo corpo, evitando que as costas sejam sobrecarregadas e que seu filho ande com a postura torta. Além disso, o ideal é que as alças sejam acolchoadas e ajustáveis.

Reforço

A mochila precisa ser reforçada, principalmente se o seu filho for adolescente, pois o material é pesado e em grande quantidade. Opte pelas mochilas acolchoadas, pois elas ficam mais confortáveis no corpo e protegem as costas de objetos pontudos, como réguas e compasso.

Evite a dor

É possível carregar uma boa quantia de peso sem forçar ou machucar as costas. O primeiro passo é ensinar o seu filho a não carregar a mochila apenas em um ombro. O material escolar mais pesado precisa ficar próximo às costas, assim como os menos pesados devem ficar para o fim da mochila. Mostre para seu filho que é muito importante andar com as costas retas, e não puxando o ombro para a frente do corpo.

 

Comece 2018 correndo: dicas para quem quer começar

É difícil encontrar alguém que pratique corrida e não goste. Correr é gostoso, leve e libertador. Você pode correr no parque, na rua de casa, na praia ou até mesmo no asfalto do seu condomínio. Quem escolhe o cenário e a playlist é você. Além disso, correr colabora para uma melhor qualidade de vida, deixando o atleta mais feliz, saudável e menos ansioso e estressado.

Engana-se quem pensa que começar a correr é difícil. Na verdade, basta ter vontade, disposição e disciplina. Separamos algumas dicas para quem quer começar a correr. Anota aí!

  • Distância

Você não precisa percorrer uma grande distância já no primeiro dia de treino. Comece devagar, no seu tempo. Observe qual frequência de ritmo seu corpo fica mais confortável e siga dessa maneira. O ideal é começar correndo poucos quilômetros e ir aumentando gradativamente, com calma e paciência.

  • Música e Lugar

Caso tenha optado por correr sozinho, escolha um lugar bonito e que te dê prazer em observar. Você não precisa correr sempre no mesmo lugar. Além disso, separe uma playlist animada para que você possa escutar enquanto corre. Ah, não esqueça da garrafinha de água!

  • Grupos de corredores

Mesmo que você queira correr sozinho, procure participar de grupos de atletas, pois além de receber dicas você também fica por dentro do assunto e pode começar a participar de corridas com os colegas atletas.

  • Alongamento

Antes e depois de correr faça alongamento dos braços, costas e pernas. Isso ajudará a evitar dores no corpo no outro dia.

  • Escolha o seu tênis

Para gostar de correr você precisa de um tênis confortável. Afinal, não dá pra participar essa atividade física sem estar confortável. Outro ponto importante é o fato de que correr com o tênis errado pode não só causar desconforto, como provocar lesões. Neste link você conhece os cinco melhores tênis para o corredor amador. Confira!

Os Melhores Tênis para Jogar Vôlei

Cada esporte pede um tipo de calçado, com o vôlei não é diferente. É importante procurar calçados que deem firmeza, uma boa absorção de impacto e é claro, proporcionem conforto ao atleta na hora da prática. A Sport Tennis tem consciência da importância de usar o calçado correto na hora de se exercitar, por isso conta com as melhores opções para você!

Tênis Asics Gel Rocket 7

É frequentemente visto como um dos preferidos dos esportistas, isso graças ao conforto e firmeza que o Asics Gel Rocket dá aos pés. Além disso, o calçado permite que o pé respire com mais facilidade.

Tênis Mizuno Wave Enigma 4

A sua tecnologia de absorção de impacto faz com que ele seja um dos calçados mais procurados e requisitados da marca, além de frequentemente usado nas quadras!

Tênis Nike Air Max Motion

Uma marca conhecida por produzir calçados muito confortáveis, porém o Nike Air Max vai além disso, promovendo estabilidade e firmeza na hora do jogo!

Seja o calçado que você procura para o dia a dia, corrida, ciclismo, futebol, vôlei ou qualquer outro esporte, a Sport Tennis conta com diversas opções e com certeza uma delas vai ser perfeita para você, atendendo todas as suas necessidades e as do esporte da sua escolha!

3 Tênis Ideais para Andar de Bicicleta

Ao contrário do que muito pensam, o tênis ideal para andar de bicicleta não é o típico tênis de academia. Os calçados para a prática deste esporte devem ter solado rígido, ou seja, que não dobrem facilmente, o que em si já descarta a maioria dos calçados utilizados em academia! Além disso, eles devem ser fechados para maior proteção do pé e ajudar a criar uma tração em relação ao pé e o pedal. (mais…)

Como Uma Roupa Adequada Influencia na Qualidade de um Treino

A quantidade de movimento que uma calça jeans e camisa social permitem que quem as usa faça é extremamente pequena, principalmente se considerarmos que atividades físicas pedem uma movimentação ampla e livre. Por mais que durante o dia, em um ambiente comum, estas limitações não sejam notadas, na hora de praticar algum exercício físico esses detalhes se tornam bem mais relevantes. Roupas como essas citadas anteriormente são limitadas no quesito elasticidade e isso as tornam inadequadas para a prática de exercícios. (mais…)

  • 1
  • 2